terça-feira, 13 de outubro de 2015

Será que ela é burra mesmo?!

A partir de hoje, aconselho a todos os amigos da página e do blog a não rirem e nem divulgarem essas asneiras que a Dilma fala vez ou outra.
Acontece que ali não tem asneira nenhuma. Essas idiotices são propositais, e você ri e acha que ela é burra - neste momento sua atenção é redirecionada.
Tenho quase certeza disso. Toda vez - TODA VEZ - que acontece algum movimento importante, quando a chapa está esquentando em Brasília, esta "pseudo mula" manda uma gracinha, e todo mundo compartilha.
Não há como, repetidas vezes, a chefe da sexta economia mundial confundir as coisas e ser taxada de burra pelo próprio eleitorado. Errar é humano, persistir no erro é burrice. Mas insistir no erro, é ser sonso. E estamos caindo feito patinhos. E digo mais: é pouca lagoa pra muito pato.


Essa história do vento, por exemplo, pra mim foi muito bem articulada. Existe uma discussão, no que concerne ao estoque de energia limpa, que é "semelhante" ao que ela se referiu na história do vento. O problema da energia solar ou eólica é a sua conservação, que só pode ser extraída em determinadas horas do dia e não pode ser armazenada com eficácia - estocada. Existem vários estudos dentro desse tema, e a articulação da presidente foi confundir e deter a atenção sobre o assunto controverso, maquiando-o na sua falsa burrice.
Acontece que só nesses últimos 7 dias, tivemos as contas de 2014 dessa tralha reprovadas no TCU, e agora, os movimentos pró impeachment sendo freados pelo prórprio STF.


Não ria desta miserável, ela sabe o que está fazendo. Realmente, Dilma não tem nada na cabeça, é só um boneco na mão dos grandes articuladores. Mas está sabendo cumprir direitinho o papel dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário